sexta-feira, 29 de abril de 2011

Plantas Medicinais 3ª Parte (João Productions)

plantas medicinais - parte 02

plantas medicinais - parte 01

quinta-feira, 28 de abril de 2011

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Hepatite B.flv

Uma chuva de bençãos em suas vidas...

[link=http://www.4rkut.com]

4rKut | Recados Para Orkut

[b]Mais recados? http://www.4rkut.com[/b]

Pegadas na Areia...

[link=http://www.4rkut.com]

4rKut | Recados Para Orkut

[b]Mais recados? http://www.4rkut.com[/b]

Contaminação radioativa de Fukushima

Para quê uma guerra? Se através de um terremoto provocado por HAARP seguido de um “acidente nuclear”, pode-se destruir um país inteiro e contaminar milhões de pessoas e o seu ecossistema? É assim que a Tirania Babilônica trabalha.

O desastre nuclear de Fukushima apresenta uma contaminação radioativa equivalente à 2.000 bombas atômicas de 500 quilotoneladas. Cada uma destas bombas são 33 vezes maiores do que a bomba americana que destruiu Hiroshima em 1945.

É como se todo o mundo estivesse em guerra: mas sem explosões, sem incêndios. Cada pedacinho de radiação está entrando no meio ambiente, o equivalente a 10 partículas radioativas espalhadas pelo ar, para cada pessoa do planeta, criando uma reação em cadeia letal.

As autoridades responsáveis pela usina disseram que talvez resolvam a situação dentro de seis a nove meses.

Fonte: Veterans Today

terça-feira, 26 de abril de 2011

A mais profunda Verdade...

[link=http://www.scrapvirtual.com]
[/link]

[b]Mais recados? http://www.scrapvirtual.com[/b]

Hemácias, plaquetas e leucócitos - iPED

Sistema Linfático - iPED

Corpo Humano - 16 O Sistema Linfático (1 de 3)

Excesso de Sódio na Comida...

Uma bela macarronada com molho a bolonhesa, bife empanado e salada bem temperada de entrada. Este cardápio saboroso provavelmente esteve presente em muitos dos seus almoços, não é? Parece que o segredo da boa comida está no tempero. Mas será que este prato não está carregando mais sódio do que deveria? O mineral regula as funções do organismo, como o ritmo cardíaco e o volume de sangue no corpo, porem se for consumido em excesso pode ser um gatilho para doenças cardiovasculares, como hipertensão e infarto.

A principal fonte de sódio é o sal de cozinha, mas ele está presente em muitos outros alimentos, sejam eles naturais ou industrializados, pois é um conservante natural. E o principal: não é por que o alimento é salgado que tem muito sódio. Uma pesquisa do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia ouviu mais de 1.200 hipertensos e descobriu que 93% deles não sabem fazer a relação entre o sal e o sódio descrito nas embalagens dos alimentos. E 75% deles nem sequer lêem os rótulos. Isso porque o mineral fica camuflado.

Isoladamente o sódio não tem sabor, mas poucos sabiam disso. Geralmente os médicos costumam recomendar a redução do sal para as pessoas com hipertensão porque ele é a principal fonte de sódio. Para se ter uma ideia do quanto de sal tem em um alimento, é só multiplicar o valor do sódio no rótulo por 2,5. Um alimento com 500 mg de sódio representa 1,25 g de sal, por exemplo. No entanto, o sal não é a única forma de encontrarmos o mineral. Recentemente a Anvisa chegou a discutir a opção de acrescentar aos rótulos a quantidade de sal, em vez da de sódio, porém, isso não foi levado a diante justamente por ter alguns alimentos que apresentam sódio, mas não sal, como é o caso do leite, por exemplo.

De acordo com dados da OMS, a população brasileira consome duas vezes mais sódio do que o recomendado. Para adultos, o consumo diário do mineral deve ser de 4g, o equivalente a uma colher de sobremesa. "O sódio precisa estar em equilíbrio com o potássio, caso contrário pode desencadear doenças cardiovasculares. Além disso, como o mineral compete com o cálcio, o uso abusivo de sódio pode levar a menor absorção de cálcio, gerando problemas como osteoporose e raquitismo, entre outros", explica a nutricionista Eliane Cristina de Almeida, da Unifesp.

Por estar presente em muitos alimentos, o mineral acaba se tornando uma ameaça para a saúde organismo, na medida em que não conseguimos fazer um controle maior do quanto estamos consumindo. Se é difícil seguir esse padrão, podemos pelo menos, diminuir consideravelmente o consumo de sódio se aprendermos a olhar rótulos.
Andressa Basílio

domingo, 24 de abril de 2011

Domingo de Páscoa

Domingo da Páscoa (Vida Nova)

Não existe caminho novo, mas nova forma de caminhar. Após esta caminhada da Quaresma até a Páscoa, tive a certeza de que nunca deve- mos cruzar os braços diante da vida, mas abri-los sempre. Quando abri- mos nossos braços estamos também abrindo nossos corações para o Uni- verso, para o Sagrado, para uma nova Vida. Por sua vez, o Universo nos estimula a redescobrir, renascer e despertar o Amor de Deus por nós.
A prova maior está na crucificação de Jesus Cristo, Ele abriu os braços para nos salvar, nos proteger e nos acolher para sermos luz, ser- mos mensagens e mensageiros da sua doutrina. A cruz simboliza o sinal de mais, é soma, é união, é pacificação; é um convite para conviver e sobreviver.
Sobreviver: é continuar a ser, a existir, a resistir, a renascer. Nascemos e morremos a cada instante (nossas células se renovam a cada segundo).
Conviver: é fortalecer as relações íntimas com o(s) outro(s), é estabele- cer o vínculo, consigo mesmo, com o outro e com a totalidade.
Cuidado! Estamos mergulhados numa sociedade de consumo, ego- ísta, que visa só o prazer da matéria, da beleza do ter das coisas. Sabe-mos que tudo isto é passageiro, envelhecem e morre. Fiquemos atentos!
Para finalizar: tristezas e desânimos são coisas do passado ( não mais nos pertence); esperança, otimismo e fé, é o alimento indispensável para a existência, humana, é o presente; e o futuro depende das nossas boas ações no presente. Se plantarmos sementes ruins, iremos colher frutos ruins.. Pensemos nisto!!!
Tenham uma boa e nova semana abençoada por Deus.
F.C.Diógenes - 24 de abril de 2011.

sexta-feira, 22 de abril de 2011

O sorriso é o espelho da alma




Recados Para Orkut - Click Aqui! http://www.recados.net

Colapso Econômico, Fome e Miséria Programados e Iminentes.

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Páscoa, tempo de reflexão...

Mensagens Para Orkut
Belas Mensagens Para Orkut
Recados Para Orkut De Feliz Pascoa

O nosso medo atômico

O nosso medo atômico
Zuenir Ventura - 17/03/2011

Diante dessas imagens de devastação que, Deus nos livre, parecem antecipar cenas do Juízo Final no Japão, não sei o que atinge o mais alto grau numa hipotética escala do medo - se os terremotos com tsunamis ou se o vazamento radioativo das usinas, com a ameaça de catástrofe nuclear. Se o inimigo visível que se arrasta e arrasa o que encontra pela frente, como se fosse um monstro bíblico saído do oceano, ou se aquele outro que vem pelo ar e é capaz de contaminar a atmosfera, a natureza e as pessoas. Talvez porque no Brasil nos achamos livres dos tremores - de terra e de mar - o desastre atômico se apresenta como o perigo possível.

Nestes últimos dias, via o noticiário e não deixava de pensar em Angra. Se isso estava acontecendo num país precavido como o Japão, o que dirá com o nosso, que não previne nem queda de barranco. Pode ser paranoia de quem viveu num século que esteve na iminência de uma guerra nuclear entre EUA e a então URSS, com chance de espalhar os danos para todo o planeta. Em 1945, Hiroshima já fora arrasada por uma bomba de urânio e Nagasaki, em seguida, por outra de plutônio, e, a partir de então, um fantasma passou a nos perseguir, e não apenas na sua forma bélica, mas também pacífica, através da produção de energia, com seus riscos de radiação. Em 1979, houve o acidente na usina de Three Mile Island, na Pensilvânia (EUA), e em 86 outro mais grave, em Chernobyl, na Ucrânia, cujos efeitos ainda se faziam sentir uma década após, quando se detectaram cerca de 800 casos de câncer de tireoide em crianças da região que na época do desastre eram bebês.

Preocupada, a Europa pensa agora em rever seu sistema de segurança nuclear. Suíça, Alemanha e Índia já puseram um freio na expansão de seus programas. EUA e Rússia, não. Qual exemplo o Brasil seguirá? Leonam dos Santos, assistente da presidência da Eletronuclear, que opera as usinas, mostra-se tranquilo, afirmando que Angras 1 e 2 são diferentes, usam tecnologia mais segura do que os reatores japoneses. Ambas teriam sido projetadas para suportar um terremoto de 7 graus e ondas de até seis metros de altura. O presidente da Associação Brasileira de Energia Nuclear (Aben), Edson Kuramoto, reforça o argumento de que nossas usinas não oferecem perigo.

Mas há controvérsia. O professor José Goldemberg resume: “A energia nuclear é um eterno perigo, ela não vale o risco.” O secretário de Ambiente do Rio, Carlos Minc, depois de lembrar que já houve 16 acidentes leves e médios em Angra 1, adverte: “Não existe risco zero. O Brasil não tem cultura de prevenção.” Também o físico Luiz Pinguelli Rosa aconselha a se ter “muito cuidado”.

Será que estamos tendo?

Feliz Páscoa em outros idiomas

Na Tchecoslováquia
VESELE VELIKONOCE

Na Alemanha
SCHÖNE OSTERN

Na Itália
BUONA PASQUA

No Laos
SOUK SAN VAN EASTER

Na Macedônia
SREKEN VELIGDEN

Em Inglês
HAPPY EASTER

Na França
JOYEUSES PÂQUES

Na Grécia
KALO PASKA

Na China
FOUAI HWO GIE QUAI LE

Em árabe
EID-FOSS'H MUBARAK

Na Croácia
SRETUN USKRS

terça-feira, 19 de abril de 2011

Dengue tipo IV

A dengue tipo 4 (DENV- 4) é a menos comum dos três tipos existentes no Brasil, mas os casos aumentaram nos últimos meses. De acordo com o Ministério da Saúde, o vírus ficou 28 anos sem aparecer no país e foi detectado novamente em julho do ano passado. Este ano, já foram comprovadas até o momento 77 ocorrências em oito estados brasileiros - Amazonas, Pará, Bahia, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Roraima e São Paulo.

Apesar de não haver grandes diferenças em relação aos diferentes tipos de dengue, esse aumento de incidência do quarto vírus preocupa o governo e os especialistas. Ao mesmo tempo, prevenir a expansão é fácil e precisa do empenho de toda a sociedade. Logo abaixo, o infectologista Celso Granato, do Fleury Medicina e Saúde, de São Paulo, e o infectologista Marcos Cyrillo, da Sociedade Brasileira de Infectologia, esclarecem as principais dúvidas sobre a dengue 4.

O grande perigo é que, cada vez que uma pessoa tem dengue, aumenta o risco de ter a forma hemorrágica

1. A dengue tipo 4 é a mais grave dos vírus da dengue?
Não. De acordo com Celso Granato, os quatro vírus são parecidos entre si: "Quando uma pessoa contrai dengue não dá para saber qual é o tipo pelos sintomas, porque são os mesmos para todos". Por isso, independente do vírus, a pessoa pode apresentar dor de cabeça, dores no corpo e nas articulações, febre, diarreia e vômito.

2. Então por que há tanta preocupação com a dengue tipo 4?
Com mais um tipo circulando no Brasil, as chances das pessoas contraírem dengue diversas vezes é maior. "Quem teve dengue do tipo 1, cria anticorpos no seu organismo e não irá mais contrair a doença por esse mesmo vírus, mas ainda pode ser infectada pelos outros três tipos", esclarece Marcos Cyrillo, infectologista da Sociedade Brasileira de Infectologia.

O grande perigo é que, cada vez que uma pessoa tem dengue, aumenta o risco de ter a forma hemorrágica, o quadro mais grave da doença. O infectologista Granato explica que isso acontece porque, quando o organismo já tem anticorpos de um tipo, facilita a entrada de outro vírus na célula sanguínea. "Os anticorpos não identificam aquele novo vírus como inimigo e, ao permitirem sua entrada nas células, aumentam as chances de evoluir para a dengue hemorrágica", afirma o especialista.

Dessa forma, Granato faz a seguinte comparação: em cada mil pessoas com dengue, geralmente três apresentam a forma hemorrágica. Já a cada mil pessoas com dengue pela segunda vez, 30 poderão ter na forma mais grave. Pela terceira vez, esse número vai para aproximadamente 60.
Mosquito Aedes aegypti - Foto: Getty Images

3. Como descobrir se estou com dengue tipo 4 e não de outro tipo?
Há um kit distribuído pelo Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC) que permite fazer um teste para descobrir o vírus. Aqui no Brasil, é realizado em laboratórios como o Instituto Evandro Chagas, em Belém (PA). Foi esse exame que permitiu ao Ministério da Saúde indicar a dengue do tipo 1 como a mais comum no Brasil, representando 73% dos casos no primeiro trimestre de 2011.

4. Pode haver uma epidemia de dengue do tipo 4?
Os especialistas acreditam que sim, provavelmente no verão, quando o calor for maior. No entanto, é algo simples de ser evitado. "A incidência da dengue do tipo 4 é maior nos estados que menos fazem a prevenção corretamente", explica Granato. Prevenir esse tipo de dengue ou qualquer outro significa impedir a proliferação do mosquito transmissor. E isso começa dentro da casa de cada um, combatendo focos de água parada. Essas medidas já estão dando certo: o Ministério da Saúde indicou que o número de notificações de dengue no Brasil caiu nos três primeiros meses de 2011 (254.734 casos), em comparação com o mesmo período de 2010 (448.701 casos).

5. Por que ainda não há uma vacina contra a dengue?
Exatamente pelo fato de existirem quatro tipos de vírus. "Imagine só: você vacina uma pessoa contra a dengue do tipo 4, ou seja, faz com que ela crie anticorpos contra esse vírus. No entanto, caso ela seja infectada por outro dos três tipos, terá mais chances de ter dengue hemorrágica", adverte Granato. Se for criada uma vacina contra os quatro tipos e um novo vírus aparecer, o perigo será o mesmo. É por isso que a prevenção deve ser feita evitando o acúmulo de água.

6. Como posso saber se estou com dengue ou com uma gripe comum?
Como os sintomas são muito parecidos, só dá pra saber fazendo exame de sangue. Caso você suspeite que esteja com dengue, é só ir o quanto antes a um pronto socorro ou a um médico clínico geral. É importante lembrar que a aspirina deve ser evitada nesses casos, porque ela altera as plaquetas do sangue - células que ajudam na coagulação sanguínea -, assim como o vírus da dengue também provoca essas alterações, podendo causar mais sangramentos.
www.minhavida.com.br

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Os Grandes Oradores da Humanidade. Como se tornar eficiente? Assista out...

Rui Barbosa

Você Mais Saudável - Síndrome do Pânico

Fé é a certeza das coisas que não se ver...

[link=http://www.mensagens-online.com]
[/link]

[b]Mais recados? http://www.mensagens-online.com[/b]

Tudo sobre tatuagem

Descubra tudo o que sempre quis saber sobre tatuagem, inclusive como removê-la. Que tipos de cuidados exigem a pele antes e depois de ser tatuada é o que esclarece o profissional do estúdio Tattoo Tradition, Mihály Kárai. A esteticista da clínica Laser Care de São Paulo, Barbara Romagnoli, explica como funciona o processo de remoção da pigmentação.

1. Qualquer pele pode ser tatuada?
Toda pele saudável, hidratada, que não esteja queimada ou ardida de sol pode ser tatuada.

2. Quais as particularidades nas escolhas de cor pelo tom de pele?
Cores de pele mais escuras, ou que estão mais expostas às agressões do sol e mar, exigem tonalidades de tinta mais fortes e desenhos mais nítidos.
Tire 10 dúvidas sobre tatuagem - Foto: Getty Images

3. Quais áreas do corpo são mais difíceis de tatuar?
Regiões do corpo em que há maior acúmulo de pele, dobras, ou que já apresentam mais flacidez exigem mais trabalho ao tatuar, pois precisam estar bem esticadas. Por este mesmo motivo, o resultado pode ficar comprometido, uma vez que a pele relaxada voltará ao seu estado natural. Áreas onde os ossos também são mais expostos tendem a exigir mais tempo de tatuagem e paciência.

4. Que cuidados exigem a pele antes de ser tatuada?
É preciso que esteja saudável, limpa e hidratada.

5. E depois de tatuar?
Manter o local sempre limpo e coberto por roupa até duas semanas depois. Seguir o uso contínuo de protetor solar, evitar pegar sol, coçar ou arrancar cascas.
Tire 10 dúvidas sobre tatuagem - Foto: Getty Images

6. O que é mais difícil na hora de cobrir outra tatuagem: o desenho, a cor ou o local?
Não existe uma regra. Tudo vai depender da escolha feita anteriormente e da nova que pretende substituí-la. Às vezes é impossível, ou ficaria ainda pior.

7. É possível cobrir sinais e cicatrizes?
Sim, mas como regra geral o procedimento não é recomendado. Marcas acidentais em locais inusitados não deveriam receber um novo adereço. Cicatrizes já chamam a atenção, pintadas, em relevo, podem chamar ainda mais. O mais recomendado é usar a tatuagem como ponto de fuga para que se olhe para outra região, ao invés da cicatriz.

8. Quem sofre de queloide pode tatuar a pele normalmente?
Sim, porque o procedimento de injeção de tinta é superficial, de cicatrização pouco profunda. Pessoas que têm tendência a este problema até ganham uma tatuagem com aspecto mais em relevo, mas com o tempo isso tende a diminuir.

9. Como acontece o processo de remoção a laser?
Os raios têm afinidade com pigmentos escuros. Por isso, as tatuagens coloridas são mais difíceis de serem removidas e, às vezes, não saem completamente. Já o pigmento preto é eliminado 100%, garante a especialista.

10. Quantas sessões são necessárias?
Para desenhos pretos são necessárias no mínimo 10 sessões e para coloridos, no mínimo 15. Tatuagens feitas em peles negras são mais difíceis de remover, mas tudo vai depender da coloração e do tipo de pigmento utilizado.

www.minhavida.com.br

sábado, 16 de abril de 2011

Ótimo final de semana para todos...

ClicKut.com.br

ClicKut - Scraps, Recados Animados e Gifs com Glitter para Orkut!

A mente apaga registros duplicados

A mente apaga registros duplicados
Por Airton Luiz Mendonça
(Artigo do jornal O Estado de São Paulo)
O cérebro humano mede o tempo por meio da observação dos movimentos.
Se alguém colocar você dentro de uma sala branca vazia, sem nenhuma mobília, sem portas ou janelas, sem relógio.... você começará a perder a noção do tempo.
Por alguns dias, sua mente detectará a passagem do tempo sentindo as reações internas do seu corpo, incluindo os batimentos cardíacos, ciclos de sono, fome, sede e pressão sanguínea.
Isso acontece porque nossa noção de passagem do tempo deriva do movimento dos objetos, pessoas, sinais naturais e da repetição de eventos cíclicos, como o nascer e o pôr do sol.
Compreendido este ponto, há outra coisa que você tem que considerar:
Nosso cérebro é extremamente otimizado.
Ele evita fazer duas vezes o mesmo trabalho.
Um adulto médio tem entre 40 e 60 mil pensamentos por dia.
Qualquer um de nós ficaria louco se o cérebro tivesse que processar conscientemente tal quantidade.
Por isso, a maior parte destes pensamentos é automatizada e não aparece no índice de eventos do dia e portanto, quando você vive uma experiência pela primeira vez, ele dedica muitos recursos para compreender o que está acontecendo.
É quando você se sente mais vivo.
Conforme a mesma experiência vai se repetindo, ele vai simplesmente colocando suas reações no modo automático e 'apagando' as experiências duplicadas..
Se você entendeu estes dois pontos, já vai compreender porque parece que o tempo acelera, quando ficamos mais velhos e porque os Natais chegam cada vez mais rapidamente.
Quando começamos a dirigir automóveis, tudo parece muito complicado, nossa atenção parece ser requisitada ao máximo.
Então, um dia dirigimos trocando de marcha, olhando os semáforos, lendo os sinais ou até falando ao celular ao mesmo tempo.
Como acontece?
Simples: o cérebro já sabe o que está escrito nas placas (você não lê com os olhos, mas com a imagem anterior, na mente); O cérebro já sabe qual marcha trocar (ele simplesmente pega suas experiências passadas e usa , no lugar de repetir realmente a experiência).
Ou seja, você não vivenciou aquela experiência, pelo menos para a mente. Aqueles críticos segundos de troca de marcha, leitura de placa são apagados de sua noção de passagem do tempo.
Quando você começa a repetir algo exatamente igual, a mente apaga a experiência repetida.
Conforme envelhecemos as coisas começam a se repetir - as mesmas ruas, pessoas, problemas, desafios, programas de televisão, reclamações, -.... enfim... as experiências novas (aquelas que fazem a mente parar e pensar de verdade, fazendo com que seu dia pareça ter sido longo e cheio de novidades), vão diminuindo.
Até que tanta coisa se repete que fica difícil dizer o que tivemos de novidade na semana, no ano ou, para algumas pessoas, na década.
Em outras palavras, o que faz o tempo parecer que acelera é a...
ROTINA
A rotina é essencial para a vida e otimiza muita coisa, mas a maioria das pessoas ama tanto a rotina que, ao longo da vida, seu diário acaba sendo um livro de um só capítulo, repetido todos os anos.
Felizmente há um antídoto para a aceleração do tempo: M & M (Mude e Marque).
Mude, fazendo algo diferente e marque, fazendo um ritual, uma festa ou registros com fotos.
Mude de paisagem, tire férias com a família (sugiro que você tire férias sempre e, preferencialmente, para um lugar quente, um ano, e frio no seguinte) e marque com fotos, cartões postais e cartas.
Tenha filhos (eles destroem a rotina) e sempre faça festas de aniversário para eles, e para você (marcando o evento e diferenciando o dia).
Use e abuse dos rituais para tornar momentos especiais diferentes de momentos usuais.
Faça festas de noivado, casamento, 15 anos, bodas disso ou daquilo, bota-foras, participe do aniversário de formatura de sua turma, visite parentes distantes, entre na universidade com 60 anos, troque a cor do cabelo, deixe a barba, tire a barba, compre enfeites diferentes no Natal, vá a shows, cozinhe uma receita nova, tirada de um livro novo.
Escolha roupas diferentes, não pinte a casa da mesma cor, faça diferente.
Beije diferente sua paixão e viva com ela momentos diferentes.
Vá a mercados diferentes, leia livros diferentes, busque experiências diferentes.
Seja diferente.
Se você tiver dinheiro, especialmente se já estiver aposentado, vá com seu marido, esposa ou amigos para outras cidades ou países, veja outras culturas, visite museus estranhos, deguste pratos esquisitos... em outras palavras... V-I-V-A. !!!
Porque se você viver intensamente as diferenças, o tempo vai parecer mais longo.
E se tiver a sorte de estar casado(a) com alguém disposto(a) a viver e buscar coisas diferentes, seu livro será muito mais longo, muito mais interessante e muito mais v-i-v-o... do que a maioria dos livros da vida que existem por aí.
Cerque-se de amigos..
Amigos com gostos diferentes, vindos de lugares diferentes, com religiões diferentes e que gostam de comidas diferentes.
Enfim, acho que você já entendeu o recado, não é?
Boa sorte em suas experiências para expandir seu tempo, com qualidade, emoção, rituais e vida.
E S CR EVA em tAmaNhos diFeRenTes e em CorES

di fE rEn tEs !
CRIE, RECORTE, PINTE, RASGUE, MOLHE, DOBRE, PICOTE, INVENTE, REINVENTE...
V I V A !!!!!!!!

Páscoa

Páscoa é momento de celebração, de amor, de doação, de escuta, de silêncio e de encontro com você e o Sagrado.

é ser capaz de mudar;
é partilhar a vida na fé a na esperança;
é trabalhar para vencer toda sorte com o sofrimento;
é ajudar mais gente a ser gente;
é viver em constante libertação;
é crer na vida que vence a morte;
é dizer sim ao amor e à vida;
é investir na fraternidade e no perdão;
é compartilhar com o outro para um mundo melhor;
é vivenciar a solidariedade e a tolerância;
é renascimento, é recomeço;
Enfim, é um convite para olharmos com o coração as coi- sas que não gostamos em nós, para sermos mais felizes por conhe- cermos a nós mesmos mais um pouquinho.
É vermos que hoje somos melhores do que fomos ontem.
Desejo a todos(as), uma Feliz Páscoa, cheia de paz, amor e
muita saúde! (texto retirado da internet - Adaptação: Diógenes - 04\2011).

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Amigos é para se guardar do lado esquerdo do peito...









Beijos




coloque seu nome




Nosso Blog



Envie mensagens de Amizade para seus Amigos!


Doenças auto-imunes mais comuns

Artrite reumatóide: o alvo de ataque são os tecidos que revestem as articulações. Os principais sintomas são dores nas juntas, inchaço e sensação de rigidez nas articulações pela manhã. Atinge principalmente os dedos das mãos, punhos, joelhos, tornozelos e pés. A dor é simétrica, acomete os membros do lado direito e esquerdo.

Esclerose múltipla: o sistema imunológico causa lesões neurológicas graves e progressivas. Ao longo do tempo, a pessoa tem problemas de coordenação motora, redução da capacidade de visão e alterações na percepção sensorial. Entre outros sintomas, estão a sensação de cansaço, fraqueza nas pernas e problemas de memória.

Esclerodermia: os danos acometem as células que produzem o colágeno, substância que torna a pele elástica e que também está presente nas articulações. A doença atinge ainda pulmão, esôfago e rins. Entre os sintomas, estão o endurecimento da pele, aumento da sensibilidade dos dedos ao frio associado a dor e mudança em sua coloração (podem ficar brancos, azuis ou vermelhos).

Dermatite atópica: é uma inflamação cutânea crônica, clinicamente e histologicamente similar à dermatite de contato alérgica. Ela pode iniciar-se qualquer idade mas tem ocorrência em crianças (10 a 15%). São identificados pelo menos dois sub-tipos de dermatite atópica: um intrínseco (não-mediado pela IgE) e um extrínseco (mediado pela IgE). Isto desperta uma discussão sobre o papel dos alergenos como fatores desencadeantes da dermatite atópica, principalmante em crianças, onde o sub-tipo não mediado pela IgE prevalece.

Foi realizado uma revisão bibliográfica com enfoque em estudos in vitro e in vivo realizados recentemente e relacionados com a fisiopatologia da doença.

Os resultados mostram uma síndrome complexa que envolve diferentes estágios, iniciando pela forma intrínseca, evoluindo para a forma extrínseca e culminando com a forma auto-alérgica/auto-imune.

Referências: Allergy Clin Immunol Int: J World Allergy Org

Diabetes mellitus: é conhecida por diabete juvenil ou do tipo 1, pois seu diagnóstico ocorre na infância. É causada pela destruição auto-imune das células do pâncreas que secretam insulina. Sinais de alerta: sede excessiva, desejo freqüente de urinar, ganho de peso e cansaço.

Doença de Graves e tireoidite de Hashimoto: doenças auto-imunes da tireóide que causam sintomas distintos. Na doença de Grave, os anticorpos causam o hipertireoidismo, que deixa o paciente mais ansioso, com palpitações e tremor nas mãos, redução de peso e dificuldade de concentração. Na tireoidite de Hashimoto, a destruição na glândula tireóide causa o hipotireoidismo. Sintomas: cansaço, intolerância ao frio, depressão, ganho de peso, constipação e fraqueza.

Lúpus eritematoso: erupções avermelhadas se desenvolvem na face durante a doença. Pode atingir vários órgãos, incluindo o sistema nervoso central, os rins e o coração. Entre os sintomas, estão dor nas juntas, sensação de cansaço, anemia, rachadura na pele após exposição ao sol e depressão.

Psoríase: provoca alteração na multiplicação das células da pele, que se inflama. Surgem, então, placas avermelhadas principalmente no cotovelo, no joelho, no couro cabeludo e nas costas.

Vitiligo: provoca dano na produção de melanina, pigmento que dá cor à pele. O resultado disso são manchas brancas na superfície da pele, que podem aumentar com o tempo. Em alguns casos, ocorre estabilização.

Síndrome de Sjögren: o sitema imunológico provoca alterações nas glândulas lacrimais e salivares e nas mucosas do nariz, da vagina e do pulmão. Como conseqüência, o organismo parece secar. Sintomas: sensação de secura, redução da saliva, cansaço e inflamação pulmonar.

Doenças crônicas intestinais: as células de defesa se voltam contra o intestino, deixando a pessoa mais suscetível a inflamações. Sintomas: diarréia crônica, dor abdominal, náusea, cansaço, perda de peso, úlceras e dor nas articulações.

Doença celíaca: o dano é no intestino delgado e interfere na absorção de vitaminas. O paciente fica proibido de consumir glúten. Sintomas: dor e inchaço abdominal, diarréia crônica, perda de peso, anemia, gases, perda óssea, cansaço, depressão e dor nas articulações.

Fontes: Emília Sato (reumatologista da Unifesp) e Maria Fernanda Barca (endocrinologista do HC)

Um grande abraço para todos...

Mensagens para Orkut

As melhores mensagens de Abraços! Clique e confira!

quarta-feira, 13 de abril de 2011

terça-feira, 12 de abril de 2011

Aos meus amiguinhos...

Recados para Orkut

Encontre muito mais Você é Especial em nosso site. Clique aqui!

Juramento

Tu dizes oh Mariquinhas
Que não crês nas juras minhas,
Que nunca cumpridas são!
Mas se eu não te jurei nada,
Como hás de tu, estouvada,
Saber se eu as cumpro ou não?!

Tu dizes que eu sempre minto,
Que protesto o que não sinto,
Que todo o poeta é vário,
Que é borboleta inconstante;
Mas agora, neste instante,
Eu vou provar-te o contrário.

Vem cá, sentada a meu lado
Com esse rosto adorado
Brilhante de sentimento,
Ao colo o braço cingido,
Olhar no meu embebido,
Escuta o meu juramento.

Espera: – inclina essa fronte…
Assim!… – Pareces no monte
Alvo lírio debruçado!
- Agora, se em mim te fias,
Fica séria, não te rias,
O juramento é sagrado.

“- Eu juro sobre estas tranças,
“E pelas chamas que lanças
“Desses teus olhos divinos;
“Eu juro, minha inocente,
“Embalar-te docemente
“Ao som dos mais ternos hinos!

“Pelas ondas, pelas flores,
“Que se estremecem de amores
“Da brisa ao sopro lascivo;
“Eu juro, por minha vida,
“Deitar-me a teus pés, querida,
“Humilde como um cativo!

“Pelos lírios, pelas rosas,
“Pelas estrelas formosas,
“Pelo sol que brilha agora,
“- Eu juro dar-te, Maria,
“Quarenta beijos por dia
“E dez abraços por hora!”

O juramento está feito,
Foi dito co’a mão no peito
Apontando ao coração;
E agora – por vida minha,
Tu verás oh! moreninha,
Tu verás se o cumpro ou não!…



Rio, 1857
Casimiro de Abreu morreu em 1860, de tuberculose,
com 21 anos de idade.

Será maravilhoso, contar novamente com a visitinha de vocês, beijos...

[link=http://www.4rkut.com]

4rKut | Recados Para Orkut

[b]Mais recados? http://www.4rkut.com[/b]

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Oração para a vida...

[link=http://www.4rkut.com]

4rKut | Recados Para Orkut

[b]Mais recados? http://www.4rkut.com[/b]

Felicidades para Todos que me visitam...

[link=http://www.4rkut.com]

4rKut | Recados Para Orkut

[b]Mais recados? http://www.4rkut.com[/b]

domingo, 10 de abril de 2011

1/2 - Kit Gay - Programa do Ratinho - 13/12/2010

www.bolsonaro.com.br

Momento de Reflexão

“ Momento de Reflexão – Síntese “

Na liturgia de hoje, alguns conceitos significativos, me
convidou a refletir profundamente:


I) “ Eu sou a Ressurreição e a Vida” – (Jesus Cristo)
Sabemos que Ressurreição significa vida nova, renovação. É portan- to, o presente, é o aqui e agora, é a nossa consciência amorosa e afetiva, é como vivenciar o ato de inspirar e expirar conscientemente.
O passado é a morte que acontece a cada ato concluído, já realiza- zado pelo ter ( matéria ), a cada instante vivido no presente, quer seja ele triste ou alegre; já foi.
O futuro é o renascimento que vem ao nosso encontro a cada movi- mento, atitude e ação que realizamos, é o convite, é o encontro amoroso consigo mesmo, com o outro, com a nossa eterna mãe natureza, enfim, com o Sagrado.

II) Tirai a pedra!, Desatai-o e Deixai-o ir. ( Jesus falou aos presentes no momento que Lázaro é convidado a sair do túmulo).
* Trazendo estas palavras para o nosso cotidiano:
Quantas pessoas estão escondias atrás da(s) pedra(s), pela falta de fé, de amor, respeito e cuidado consigo mesmo e com seu semelhante;
Quantas pessoas estão envolvidas, amarradas e até sofrendo interna- mente, por conta da sua própria rispidez, ambição, interesse próprio, do egoísmo, do prazer do ter, da matéria (passageiro). Percebe, sente, mas não dá o braço a torcer.
Pensemos nisso!!! Boa Semana pra todos..
Abraços.
F.C. Diógenes ( 10\04\2011)

Como educar seus filhos...

Palestra ministrada pelo médico psiquiatra Dr. Içami Tiba, em Curitiba.

1. A educação não pode ser delegada à escola.
Aluno é transitório.
Filho é para sempre.

2. O quarto não é lugar para fazer criança cumprir castigo.
Não se pode castigar com internet, som, tv, etc...

3. Educar significa punir as condutas derivadas de um comportamento errôneo. Queimou índio pataxó, a pena (condenação judicial) deve ser passar o dia todo em hospital de queimados.

4. É preciso confrontar o que o filho conta com a verdade real.
Se falar que professor o xingou, tem que ir até a escola e ouvir o outro lado, além das testemunhas.

5. Informação é diferente de conhecimento.
O ato de conhecer vem após o ato de ser informado de alguma coisa.
Não são todos que conhecem.
Conhecer camisinha e não usar significa que não se tem o conhecimento da prevenção que a camisinha proporciona.

6. A autoridade deve ser compartilhada entre os pais.
Ambos devem mandar. Não podem sucumbir aos desejos da criança. Criança não quer comer? A mãe não pode alimentá-la. A criança deve aguardar até a próxima refeição que a família fará. A criança não pode alterar as regras da casa. A mãe NÃO PODE interferir nas regras ditadas pelo pai (e nas punições também) e vice-versa. Se o pai determinar que não haverá um passeio, a mãe não pode interferir. Tem que respeitar sob pena de criar um delinquente.

7. Em casa que tem comida, criança não morre de fome .
Se ela quiser comer, saberá a hora.
E é o adulto quem tem que dizer QUAL É A HORA de se comer e o que comer.

8. A criança deve ser capaz de explicar aos pais a matéria que estudou e na qual será testada. Não pode simplesmente repetir, decorado. Tem que entender.

9. É preciso transmitir aos filhos a ideia de que temos de produzir o máximo que podemos. Isto porque na vida não podemos aceitar a média exigida pelo colégio: não podemos dar 70% de nós, ou seja, não podemos tirar 7,0.

10. As drogas e a gravidez indesejada estão em alta porque os adolescentes estão em busca de prazer. E o prazer é inconsequente.

11. A gravidez é um sucesso biológico e um fracasso sob o ponto de vista sexual.

12. Maconha não produz efeito só quando é utilizada. Quem está são, mas é dependente, agride a mãe para poder sair de casa, para fazer uso da droga . A mãe deve, então, virar as costas e não aceitar as agressões. Não pode ficar discutindo e tentando dissuadi-lo da idéia. Tem que dizer que não conversará com ele e pronto. Deve 'abandoná-lo'.

13. A mãe é incompetente para 'abandonar' o filho. Se soubesse fazê-lo, o filho a respeitaria. Como sabe que a mãe está sempre ali, não a respeita.

14. Se o pai ficar nervoso porque o filho aprontou alguma coisa, não deve alterar a voz. Deve dizer que está nervoso e, por isso, não quer discussão até ficar calmo. A calmaria, deve o pai dizer, virá em 2, 3, 4 dias. Enquanto isso, o videogame, as saídas, a balada, ficarão suspensas, até ele se acalmar e aplicar o devido castigo.

15. Se o filho não aprendeu ganhando, tem que aprender perdendo.

16. Não pode prometer presente pelo sucesso que é sua obrigação. Tirar nota boa é obrigação. Não xingar avós é obrigação. Ser polido é obrigação. Passar no vestibular é obrigação. Se ganhou o carro após o vestibular, ele o perderá se for mal na faculdade.

17. Quem educa filho é pai e mãe. Avós não podem interferir na educação do neto, de maneira alguma. Jamais. Não é cabível palpite. Nunca.

18. Muitas são desequilibradas ou mesmo loucas. Devem ser tratadas. (palavras dele).

19. Se a mãe engolir sapos do filho, ele pensará que a sociedade terá que engolir também.

20. Videogames são um perigo: os pais têm que explicar como é a realidade, mostrar que na vida real não existem 'vidas', e sim uma única vida. Não dá para morrer e reencarnar. Não dá para apostar tudo, apertar o botão e zerar a dívida.

21. Professor tem que ser líder. Inspirar liderança. Não pode apenas bater cartão.

22. Pais e mães não pode se valer do filho por uma inabilidade que eles tenham. 'Filho, digite isso aqui pra mim porque não sei lidar com o computador'. Pais têm que saber usar o Skype, pois no mundo em que a ligação é gratuita pelo Skype, é inconcebível pagarem para falar com o filho que mora longe.

23. O erro mais frequente na educação do filho é colocá-lo no topo da casa. O filho não pode ser a razão de viver de um casal. O filho é um dos elementos. O casal tem que deixá-lo, no máximo, no mesmo nível que eles. A sociedade pagará o preço quando alguém é educado achando-se o centro do universo.

24. Filhos drogados são aqueles que sempre estiveram no topo da família.

25. Cair na conversa do filho é criar um marginal. Filho não pode dar palpite em coisa de adulto. Se ele quiser opinar sobre qual deve ser a geladeira, terá que mostrar qual é o consumo (KWh) da que ele indicar. Se quiser dizer como deve ser a nova casa, tem que dizer quanto isso (seus supostos luxos) incrementará o gasto final.

26. Dinheiro 'a rodo' para o filho é prejudicial. Mesmo que os pais o tenham, precisam controlar e ensinar a gastar.


Frase:
"A mãe (ou o pai!) que leva o filho para a igreja, não vai buscá-lo na cadeia..."

Içami Tiba

sábado, 9 de abril de 2011

sexta-feira, 8 de abril de 2011

A beleza e a Inocência de uma criança...

[link=http://www.recado-especial.com]
[/link]

[b]Mais recados? http://www.recado-especial.com[/b]

Programa Nuclear Brasileiro

O Programa Nuclear Brasileiro – Parte 1
por Rogério Rocco - 07/04/2011


A Fissão Nuclear

Pegue duas placas de ímãs e force a união dos pólos iguais. Conseguiu juntá-las e mantê-las unidas? Precisou de muita força pra isso? É claro que sim! Os átomos possuem um núcleo formado por prótons e nêutrons, sendo que os prótons têm a mesma reação que os pólos iguais dos ímãs.

Ou seja, os prótons têm a tendência de se repelirem, porque têm a mesma carga (positiva). Como eles estão juntos no núcleo do átomo, comprova-se a existência de uma energia nos núcleos dos átomos com mais de uma partícula para manter essa estrutura unida.

A energia que mantém os prótons e nêutrons juntos no núcleo é a ENERGIA NUCLEAR, isto é, a energia de ligação dos nucleons (partículas do núcleo). Ela pode ser chamada também de ENERGIA ATÔMICA, porque provém do núcleo dos átomos.

Uma vez constatada a existência da energia nuclear, restava descobrir como utilizá-la.

A forma imaginada para liberar a energia nuclear baseou-se na possibilidade de partir-se ou dividir-se o núcleo de um átomo “pesado”, isto é, com muitos prótons e nêutrons, em dois núcleos menores, através do impacto de um nêutron. A energia que mantinha juntos esses núcleos menores, antes constituindo um só núcleo maior, seria liberada, na maior parte, em forma de calor (energia térmica).

Essa é a lógica da produção da energia nuclear ou atômica.


Um programa oficial e um paralelo

Na década de 30, surgiram as primeiras pesquisas na área nuclear no Brasil. Entretanto, somente a partir de 1945, com a explosão das bombas em Hiroshima e Nagasaky, o governo brasileiro passa a demonstrar interesse em tal setor. Desde então, em meio a controvérsias quanto ao uso da energia nuclear para fins bélicos, a busca sistemática pelo domínio da tecnologia nuclear, direcionada a uma hegemonia brasileira na América Latina, marcou as décadas seguintes da história da política nuclear brasileira.

A importância estratégica da tecnologia nuclear é logo observada pelos militares, tendo como principal protagonista o almirante Álvaro Alberto da Mota e Silva. As propostas levantadas pelo almirante foram englobadas pelo Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq), fundado em 1951 e tendo o mesmo como primeiro presidente.

Em 1953, Álvaro Alberto acerta secretamente com a Alemanha a construção de três ultracentrífugas, utilizando tecnologia desenvolvida pelos nazistas, que seriam enviadas ao Brasil para o desenvolvimento da tecnologia de enriquecimento de urânio. Antes de serem remetidas ao Brasil, devido ao vazamento de informações, as ultracentrífugas são apreendidas pelos Estados Unidos.


A escolha de Mambucaba – Angra dos Reis

Entre 1959 e o governo Jânio Quadros, surgem planos para a instalação de um reator nuclear em Mambucaba (sul do estado do Rio de Janeiro), cuja maior parcela da tecnologia aplicada seria nacional, já visando o desenvolvimento de uma indústria nuclear brasileira. O dilema era qual combustível utilizar: o urânio natural ou o enriquecido.

No âmbito normativo, o histórico aponta em 1951 a edição do Decreto n° 30.230/51, que aprova o Regulamento para Pesquisa e Lavra de Minerais de interesse para a produção de Energia Atômica. Cinco anos depois, é a vez do Decreto n° 40.110/56 – que cria a Comissão Nacional de Energia Nuclear – CNEN. E, na sequência, vem o Decreto n° 47.574/59 – que cria, na CNEN, a Superintendência do Projeto Mambucaba.


A militarização completa do Programa Nuclear

Com o golpe de 1964, ocorreu uma militarização do país, atingindo todos os setores da política e da economia. Consequentemente, as atividades no campo nuclear foram completamente dominadas pelos militares.

Em 1968, a CNEN assina um convênio com a Eletrobrás, por meio do qual caberia a Furnas (subsidiária da Eletrobrás) a construção de uma usina nuclear em Angra dos Reis. Delineava-se a compra de um reator norte-americano de urânio enriquecido, em contraposição às antigas idéias nacionalistas de obtenção da tecnologia nuclear nacional. Vários cientistas, dentre eles o físico José Leite Lopes, manifestaram-se contrários, mas, em 1968, com o Ato Institucional n° 5 (AI-5), os mais variados meios de repressão sufocaram tais manifestações.

Em 1971, concretizou-se a compra de um reator de água pressurizada (PWR) fabricado pela Westinghouse. O contrato de compra representava uma simples aquisição de equipamento, sem nenhuma transferência de tecnologia.

É nesse período que ocorre a desapropriação da área de Mambucaba para instalação de uma Central Nuclear de Energia Elétrica (Furnas S/A) que, em seguida, ganha a denominação de “Almirante Álvaro Alberto”, por meio da Lei 5.942/73.

Os esforços de estruturação de corporações para o desenvolvimento e execução da energia nuclear avançam. E são criadas subsidiárias da Nuclebras (1975):

NUCLAN – Nuclebras Auxiliar de Mineração S/A
NUCLEN – Nuclebras Engenharia S/A
NUCLEI – Nuclebras Enriquecimento Isotópico S/A
NUCLEP – Nuclebras Equipamentos Pesados S/A
NUCON – Nuclebras Construtora de Centrais Nucleares S/A (1980)
NUCLEMON – Nuclebras de Monazita e Associados S/A (1983)


A Usina ANGRA I

A usina conhecida como Angra I acumulou uma longa história de incidentes e erros de projetos. Sua localização, nas proximidades da cidade de Angra dos Reis, é considerada por alguns pesquisadores, inadequada. A falta de um sistema de transporte eficiente para a retirada dos moradores em caso de acidente compromete a segurança. As condições estruturais do terreno são as piores, devido a uma falha geológica na região denominada de Itaorna, batizada pelos índios com o significado de Pedra Podre.

Na primeira metade da década de 70, o país vivia o chamado milagre brasileiro, no qual militares e tecnocratas esperavam transformar o Brasil em uma potência industrial e militar. As expectativas eram de falta de energia gerada pelas hidrelétricas, e como o carvão e o petróleo traziam dependência de importações, a única saída era a energia nuclear.

A opção mais vantajosa era os reatores de urânio enriquecido, pois tem maior rendimento que o urânio natural, mas a tecnologia de enriquecimento era desconhecida no Brasil.

No Acordo Brasil-Alemanha, as vantagens para os alemães eram mais claras do que para os brasileiros. Com o acordo, as empresas alemãs buscavam novos mercados para o setor nuclear pois, internamente, o programa nuclear alemão enfrentava uma grande oposição de grupos

ecologistas. Além disso, havia grande interesse alemão nas reservas de urânio no Brasil.

Mas contradições surgiram, por exemplo, no orçamento do projeto nuclear brasileiro. O custo inicial da construção de 8 usinas nucleares era de U$ 10 bilhões, o qual mais tarde atingiu os U$ 36 bilhões. Além disso, o custo por kW da energia nuclear seria de U$ 400.00, que mais tarde passou a U$ 3000.00, enquanto que o da energia hidrelétrica, na época, era de U$ 300.00. Erros ou aparentes disfarces como esses, revelaram a pressa que os militares tinham em adquirir a tecnologia nuclear.

A primeira manifestação contrária ao acordo foi divulgada no início de 1978, pela Sociedade Brasileira de Física (SBF), questionando o procedimento autoritário e obscuro do governo brasileiro.

O acordo era totalmente desfavorável para o Brasil, pois o país se tornaria dependente da Alemanha na produção e utilização de equipamentos, por um tempo não determinado.

A estratégia nuclear brasileira teve repercussão mundial. A preocupação internacional era devido à recuperação do urânio enriquecido utilizado nas usinas, pois o material residual, o plutônio, é a matéria-prima para a fabricação de bombas nucleares.

Em 1979, devido à desmoralização do Programa Nuclear Brasileiro, deu-se início ao Programa Nuclear Paralelo, patrocinado pela Marinha, Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e pelo Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares.

O programa paralelo tem sua raiz em um projeto eminentemente militar. Em meados dos anos 70, durante o chamado milagre brasileiro, o regime militar procurou levar adiante o projeto Brasil Potência, injetando recursos no desenvolvimento de áreas consideradas estratégicas como: indústria bélica, aeronáutica, informática, programa espacial, telecomunicações e o programa nuclear. Deste modo, excluiu recursos nas áreas de necessidades básicas da população. Devido a problemas com a técnica de jato-centrifugação para o enriquecimento de urânio, e com a fiscalização internacional contra a proliferação de armas nucleares, o programa paralelo enfrentou uma fase de pouco desenvolvimento.

Ao mesmo tempo, a Argentina crescia rapidamente no setor nuclear. Temendo a perda da supremacia nuclear na América do Sul, os militares criaram um projeto paralelo totalmente clandestino, sem fiscalização nacional e internacional, desenvolvendo a técnica de ultracentrifugação para o enriquecimento de urânio.

Em 1979, Rex Nazaré Alves assume a presidência da CNEN, e, junto ao IPEN, completou o grupo de coordenação do programa paralelo: o presidente João Figueiredo; Serviço Nacional de Informações (SNI), Otávio de Medeiros; Conselho de Segurança Nacional (CSN), Coronel Araripe; Ministério da Marinha, Maximiliano da Fonseca; CNEN, Rex Nazaré; IPEN, Ivo Jordan; e Coordenadoria de Projetos especiais da Marinha (Copesp), Othon Pinheiro – atual presidente da Eletronuclear.


Década de 80 – Estações Ecológicas e os maiores acidentes no mundo

No ano de 1980, o Governo Militar edita um decreto curioso: determina que sejam criadas Estações Ecológicas no entorno de usinas nucleares que, à época, eram programadas para serem localizadas em áreas paradisíacas, contraditoriamente com grande potencial para o desenvolvimento do turismo ecológico. Além de Angra dos Reis/RJ e Iperó/SP, ainda havia planos para a instalação de outras usinas no litoral paulista, na região onde hoje se localiza a Reserva Biológica da Juréia.

Esta previsão consta do Decreto n° 84.973/80 – que dispõe sobre a colonização de Estações Ecológicas e Usinas Nucleares. Em 1986 é editado o Decreto n° 92.754/86 – que institui Grupo de Trabalho para implementação de Estação Ecológica na área da CNAAA.

No mesmo ano ocorre o maior acidente nuclear da história, na Usina de Chernobil, localizada na Ucrânia. E no ano seguinte, o segundo maior, no Brasil: o acidente nuclear de Goiânia. Em razão deste acidente, foi editada a Lei n° 9.425/96 – que instituiu Pensão Especial às vítimas do acidente: são cinco categorias de pensão vitalícia, definidas de acordo com as limitações que a contaminação causou a cada pessoa, inclusive aos profissionais da vigilância sanitária que foram expostos à radiação. A pensão é definida como personalíssima, não valendo para sucessores no caso de óbito de algum beneficiário.

À época, tentava-se mostrar uma aparente transparência na política nuclear brasileira, divulgando fins pacíficos para a energia nuclear, o que não significou menor concentração de poderes na mão dos militares. Neste processo, a CNEN obteve amplos poderes sobre todas as atividades do Programa Nuclear Brasileiro, assumindo uma posição perigosa, pois era encarregada de desenvolver atividades nucleares e, ao mesmo tempo, de fiscalizá-las.

O CTA – Centro Tecnológico de Aeronáutica priorizou o seu envolvimento nos trabalhos de enriquecimento isotópico por laser. A Aeronáutica, por sua vez, construiu a partir de 1981, na Serra do Cachimbo - PA, covas e cisternas de até 320 metros de profundidade, com 1 a 3 metros de largura, para testes nucleares e depósito de rejeitos radioativos, no chamado "Projeto Solimões".

Novamente é levantado o problema da escassez de energia na região sudeste. Este argumento é utilizado desde a década de 60 para justificar a proliferação da energia nuclear.


A publicidade do Programa Paralelo

Em 1986, boatos sobre instalações de pesquisas da Marinha, ligadas ao setor nuclear, levaram o vereador de Sorocaba, Osvaldo Noce, a pedir esclarecimentos à mesma, que divulgou todo o seu posicionamento sobre o submarino nuclear brasileiro, pedindo total sigilo sobre tais informações. Entretanto, os vereadores ignoraram tal pedido de sigilo, e divulgaram à população as atividades secretas do complexo de Aramar, em Iperó/SP.

A revolta da população tomou conta de Sorocaba, e foi agravada pelo fato de o local escolhido para as pesquisas ter sido a Fazenda Ipanema, patrimônio histórico da região, com potencial para ser utilizada em pesquisas agronômicas e como pólo turístico. A Fazenda Ipanema, onde estão localizadas as estruturas da primeira fundição no Brasil – onde foram produzidas as armas para a Guerra do Paraguai, tornou-se uma Unidade de Conservação Federal – a Floresta Nacional – FLONA IPANEMA, administrada atualmente pelo ICMBio – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, autarquia vinculada ao Ministério do Meio Ambiente.

A situação tornou-se ainda mais crítica com o acidente de Goiânia (com materiais médicos que continham o Césio 137), mostrando a ineficiência da fiscalização prestada pela CNEN. Preocupado com a rival Argentina, o presidente José Sarney, em 1987, divulgou em rede nacional que cientistas brasileiros haviam conseguido dominar a tecnologia de enriquecimento de urânio por ultracentrifugação e, através do Decreto-lei 2.464, de 31 de agosto de 1988, os projetos clandestinos são oficializados e trazidos ao conhecimento da sociedade brasileira. De acordo com o decreto, estava determinado também, a conclusão da construção das usinas de Angra II e III (com uma reavaliação do acordo com a Alemanha), e a construção de um reator em Iperó/SP para servir de protótipo para os reatores do submarino nuclear.

Em 1989, o almirante Othon Pinheiro da Silva, diretor do Centro Experimental de Aramar, em Iperó/SP, previa o início da produção de urânio enriquecido a 20%, "em escala comercial", a partir de 1990, na “Unidade de Enriquecimento Isotópico Almirante Álvaro Alberto”.


Os altos custos

O programa da Marinha havia gasto, até então, cerca de US$ 670 milhões e precisaria da mesma quantia para, em oito anos, concluir o reator que serviria ao submarino.

Uma manifestação visível da campanha foi a visita de jornalistas às instalações do CTMSP (Centro Tecnológico da Marinha em São Paulo), na Cidade Universitária, e no Centro Experimental de Aramar. No dia 2 de fevereiro de 1996, o ministro almirante Mauro Pereira anunciou que a Marinha tinha suspenso o projeto de codinome “Chalana”, da construção de um submarino com propulsão nuclear, após 17 anos de trabalho no Complexo de Aramar e no Centro Tecnológico da Marinha, na USP.

Reportagens alarmantes publicadas em 1997 revelam que o Exército tentou reiniciar a construção de um reator experimental de plutônio em Barra de Guaratiba - RJ, conhecido como Projeto Atlântico, demonstrando a autonomia dos militares neste assunto.

Com o início da operação do reator de Angra II, em 21 de julho de 2000, a energia nuclear passa de 0,9% a 2,1% da matriz energética brasileira. Se a operação de Angra III for efetivada, o percentual da energia nuclear estará acima dos 5%.

A questão do destino do lixo radioativo de Angra I e II ainda não está definida. Provisoriamente, este ficará estocado próximo às usinas. Um dos dejetos mais perigosos é o plutônio, que tem meia-vida de 24 mil anos, além dos materiais contaminados de menor atividade.

Devido à falta de financiamento e ao excesso de endividamento, Angra II extrapolou os cronogramas e orçamentos iniciais. Suas obras tiveram início em 1975 e foram concluídas 25 anos depois, em 2000, um tempo enorme quando comparado aos de usinas nucleares no mundo, da ordem de 5 anos. O orçamento de Angra II atingiu US$ 10 bilhões, enquanto Angra I custou US$ 2,5 bilhões.


As fontes

Informações obtidas através das seguintes fontes:

1- Site da CNEN – www.cnen.gov.br;

2- Roteiro para aula da disciplina “A Questão Nuclear”, na Pós-Graduação em Direito Ambiental da PUC/RJ, ano 2009, Prof. Rogério Rocco;

3- Artigo “Uma breve História da Política Nuclear Brasileira”, de Renato Yoichi Ribeiro Kuramoto e Carlos Roberto Appoloni (Departamento de Física UEL – Londrina/PR)

Benefícios da caminhada

Você conhece algum exercício mais fácil de praticar do que a caminhada? Ela não exige habilidade, é barata, pode ser feito praticamente a qualquer hora do dia, não tem restrição de idade e ainda pode ser feita dentro de casa se a pessoa tiver uma esteira. "Para uma pessoa que não pratica nenhum tipo de esporte, uma caminhada de 10 minutos por dia já provoca efeitos perceptíveis ao corpo, depois de apenas uma semana, explica o fisiologista do esporte Paulo Correia, da Unifesp. Além da melhora do condicionamento físico, as vantagens de caminhar para a saúde do corpo e da mente são muitas, e comprovadas pela ciência. O Minha Vida reuniu 11 benefícios que esse hábito pode fazer para você. Confira aqui e movimente-se:
Caminhada- Foto Getty Image
1.Melhora a circulação

Um estudo feito pela USP, de Ribeirão Preto, provou que caminhar durante aproximadamente 40 minutos é capaz de reduzir a pressão arterial durante 24 horas após o término do exercício. Isso acontece porque durante a prática do exercício, o fluxo de sangue aumenta, levando os vasos sanguíneos a se expandirem, diminuindo a pressão.

Além disso, a caminhada faz com que a as válvulas do coração trabalhem mais, melhorando a circulação de hemoglobina a e oxigenação do corpo. "Com o maior bombeamento de sangue para o pulmão, o sangue fica mais rico em oxigênio. Somado a isso, a caminhada também faz as artérias, veias e vasos capilares se dilatarem, tornando o transporte de oxigênio mais eficiente às partes periféricas do organismo, como braços e pernas", explica o fisiologista Paulo Correia.
2.Deixa o pulmão mais eficiente

O pulmão também é bastante beneficiado quando caminhamos. De acordo com Paulo Correia, as trocas gasosas que ocorrem nesse órgão passam a ser mais poderosas quando caminhamos com frequência. Isso faz com que uma quantidade maior de impurezas saia do pulmão, deixando-o mais livre de catarros e poeiras.

"A prática da caminhada, se aconselhada por um médico, pode ajudar também a dilatar os brônquios e prevenir algumas inflamações nas vias aéreas, como bronquite. Em alguns casos mais simples, ela tem o mesmo efeito de um xarope bronco dilatador", explica.
3. Combate a osteoporose

O impacto dos pés com o chão tem efeito benéfico aos ossos. A compressão dos ossos da perna, e a movimentação de todo o esqueleto durante uma caminhada faz com que haja uma maior quantidade estímulos elétricos em nossos ossos, chamados de piezelétrico. Esse estímulo facilita a absorção de cálcio, deixando os ossos mais resistentes e menos propensos a sofrerem com a osteoporose.
Esteira- Foto Getty Image

"Na fase inicial da perda de massa óssea, a caminhada é uma boa maneira de fortalecer os ossos. Mesmo assim, quando o quadro já é de osteoporose, andar frequentemente pode diminuir o avanço da doença", diz o fisiologista da Unifesp.
4. Afasta a depressão

Durante a caminhada, nosso corpo libera uma quantidade maior de endorfina, hormônio produzido pela hipófise, responsável pela sensação de alegria e relaxamento. Quando uma pessoa começa a praticar exercícios, ela automaticamente produz endorfina.

Depois de um tempo, é preciso praticar ainda mais exercícios para sentir o efeito benéfico do hormônio. "Começar a caminhar é o inicio de um círculo vicioso. Quando mais você caminha, mais endorfina seu organismo produz, o que te dá mais ânimo. Esse relaxamento também faz com que você esteja preparado para passar cada vez mais tempo caminhando", explica Paulo Correia.
5. Aumenta a sensação de bem-estar

Uma breve caminhada em áreas verdes, como parques e jardins, pode melhorar significativamente a saúde mental, trazendo benefícios para o humor e a autoestima, de acordo com um estudo feito pela Universidade de Essex, no Reino Unido.

Comparando dados de 1,2 mil pessoas de diferentes idades, gêneros e status de saúde mental, os pesquisadores descobriram que aqueles que se envolviam em caminhadas ao ar livre e também, ciclismo, jardinagem, pesca, canoagem, equitação e agricultura, apresentavam efeitos positivos em relação ao humor e à autoestima, mesmo que essas atividades fossem praticadas por apenas alguns minutos diários.

"Caminhar diariamente é um ótimo exercício para deixar o corpo em forma, melhorar a saúde e retardar o envelhecimento."

6. Deixa o cérebro mais saudável

Caminhar diariamente é um ótimo exercício para deixar o corpo em forma, melhorar a saúde e retardar o envelhecimento. Entretanto, um novo estudo da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, mostra que esse efeito antienvelhecimento do exercício pode ser possível também em relação ao cérebro, ao aumentar seus circuitos e reduzir os riscos de problemas de memória e de atenção. "Os estímulos que recebemos quando caminhamos aumento a nossa coordenação e fazem com que nosso cérebro seja capaz de responder a cada vez mais estímulos, sejam eles visuais, táteis, sonoros e olfativos", comenta Paulo Correia.

Outro estudo feito pela Universidade de Pittsburgh, afirma que as pessoas que caminham em média 10 quilômetros por semana apresentam metade dos riscos de ter uma diminuição no volume cerebral. Isso pode ser um fator decisivo na prevenção de vários tipos de demência, inclusive a doença de Alzheimer, que mata lentamente as células cerebrais.
7. Diminui a sonolência

A caminhada durante o dia faz com que o nosso corpo tenha um pico na produção de substâncias estimulantes, como a adrenalina. Essa substância deixa o corpo mais disposto durante as horas subsequentes ao exercício. Somado a isso, a caminhada melhora a qualidade do sono de noite.

"Como o corpo inteiro passa a gastar energia durante uma caminhada, o nosso organismo adormece mais rapidamente no final do dia. Por isso, poucas pessoas que caminham frequentemente têm insônia e, consequentemente, não tem sonolência no dia seguinte", completa o especialista da Unifesp.
8. Mantém o peso em equilíbrio e emagrece

Esse talvez seja o benefício mais famoso da caminhada. "É claro que caminhar emagrece. Se você está acostumado a gastar uma determinada quantidade de energia e começa a caminhar, o seu corpo passa a ter uma maior demanda calórica que causa uma queima de gorduras localizadas", afirma Paulo Correia.

E o papel da caminhada na perda de peso não para por aí. Pesquisadores da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, mostrou que, mesmo horas depois do exercício, a pessoa continua a emagrecer devido à aceleração do metabolismo causada pelo aumento na circulação, respiração e atividade muscular.
Esteira- Foto Getty Image

A conclusão foi de que os músculos dos atletas convertem constantemente mais energia em calor do que os de indivíduos sedentários. Isso ocorre porque quem faz um treinamento intensivo de resistência, como é o caso da caminhada, tem um metabolismo mais acelerado.
9. Controla a vontade de comer

Um estudo recente feito por pesquisadores da Universidade de Exeter, na Inglaterra, sugere que fazer caminhadas pode conter o vício pelo chocolate. Durante o estudo, foram avaliadas 25 pessoas que consumiam uma quantidade de pelo menos 100 gramas por dia de chocolate. Os chocólatras tiveram que renunciar ao consumo do doce e foram divididos em dois grupos, sendo que um deles faria uma caminhada diária.

Os pesquisadores perceberam que não comer o chocolate, juntamente com o estresse provocado pelo dia a dia, aumentava a vontade de consumir o doce. Mas, uma caminhada de 15 minutos em uma esteira proporciona uma redução significativa da vontade pela guloseima.

"Além de ocupar o tempo com outra coisa que não seja a comida, a caminhada libera hormônios, como a endorfina, que relaxam e combatem o estresse, efeito que muitas pessoas buscam compulsivamente na comida", afirma Paulo Correia.
10. Protege contra derrames e infartos

Quem anda mantém a saúde protegida das doenças cardiovasculares. Por ajudar a controlar a pressão sanguínea, caminhar é um fator de proteção contra derrames e infarto. "Os vasos ficam mais elásticos e mais propícios a se dilatarem quando há alguma obstrução. Isso impede que as artérias parem de transportar sangue ou entupam", diz Paulo.

A caminhada também regula os níveis de colesterol no corpo. Ela age tanto na diminuição na produção de gorduras ruins ao organismo, que têm mais facilidade de se acumular nas paredes dos vasos sanguíneos e por isso causar derrames e infartos, como no aumento na produção de HDL, mais conhecido como colesterol bom.

11. Diabetes

A insulina, substância que é responsável pela absorção de glicose pelas células do corpo, é produzida em maior quantidade durante a prática da caminhada, já que a atividade do pâncreas e do fígado são estimuladas durante a caminhada devido à maior circulação de sangue em todos os órgãos.

Outro ponto importante é que o treinamento aeróbico intenso produzido pela caminhada é capaz de reverter a resistência à insulina, um fator importante para o desenvolvimento de diabetes. Assim fica comprovado que os exercícios têm ainda mais benefícios contra o mal do que se pensava anteriormente.

"Quanto maior a quantidade de insulina no sangue, maior a capacidade das células absorverem a glicose. Quando esse açúcar está circulando livremente no sangue, pode causar diabetes", explica o fisiologista da Unifesp.

www.minhavida.com.br

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Alimentação rica em alguns nutrientes ajuda a cambater a depressão

A depressão é um transtorno mental bastante comum atualmente. Segundo o Ministério da saúde, estima-se que, na América Latina, 24 milhões de pessoas sofram com a doença. Num episódio depressivo a pessoa pode se sentir sem energia, com o humor afetado, sem interesse e sem vontade de fazer tarefas comuns da sua rotina, além dos sintomas físicos como dor de cabeça e dor de estômago. Segundo o nutrólogo Roberto Navarro, nosso cérebro produz substâncias chamadas de neurotransmissores que controlam inúmeras funções cerebrais. Um destes neurotransmissores, a serotonina, é capaz de dar ao cérebro sensação de bem-estar, regulando nosso humor e também dando sensação de "saciedade".

A alimentação pode ajudar a produzir mais serotonina, aumentando o bom humor e ajudando no combate da depressão, entretanto, vale lembrar que ela não substitui o tratamento da doença, com a intervenção medicamentosa e terapia. "Para a produção cerebral da serotonina há necessidade de "matérias primas" (chamadas de cofatores) fundamentais para sua síntese, como exemplos: triptofano (aminoácido), magnésio, cálcio (minerais), vitamina B6, ácido fólico (vitaminas)", ressalta Navarro.
Roberto Navarro

Para vocês...

Ache essas e outras imagens no site Mensagens & Imagens

[red][b]Mande mais imagens pelo site www.mensagenseimagens.com.br[/b][/red]

Inversão dos Pólos Magnéticos

Pólo magnético da Terra está mudando de lugar e isso é fato comprovado científicamente. O que antes ficava no extremo norte do Canadá está se movendo para algum lugar em direção à Rússia a uma velocidade de 64 quilômetros por ano.

Isso passa despercebido para a maioria dos humanos, na maioria dos lugares, mas em Tampa, na Flórida, a mudança está causando alterações nas pistas do Aeroporto Internacional.

Não, as pistas ainda não estão sendo refeitas nem o aeroporto está sendo virado para Meca. As mudanças, por enquanto, estão restritas ao trabalho de repintura das faixas e números de sinalização.

Uma a uma, as três pistas estão sendo fechadas para o trabalho por exigência do controlador aéreo dos EUA (o FAA).

————————————————–

Uma mudança no eixo magnético da Terra obrigou o aeroporto de Tampa, nos Estados Unidos, a fechar sua pista para reformas. A derivação do Polo Norte magnético obrigou a administração do aeroporto, que fica na Flórida, a repintar as pistas de pouso para que as informações de direção de pouso permanecessem compatíveis com o indicado pelas bússolas.

O nosso polo magnético tem se movido a uma velocidade de mais de 60 km/ano em direção à Rússia, dizem os pesquisadores. Com isto, bússolas de todo o mundo apontam para direções levemente diferentes, alterando a leitura de instrumentos que dependam de suas medidas. Além de aviões, navios e até mesmo o aplicativos para celular, como o Google Maps, e programas de Astronomia podem ser afetados pelo movimento do polo – mas nada que uma atualização não resolva.

Apesar de aviões comerciais disporem de equipamentos como GPS, que não dependem da posição exata do polo magnético, os padrões aeronáuticos ainda se baseiam na medida de bússolas convencionais. Por isto o aeroporto de Tampa será fechado e suas pistas repintadas indicando a nova direção relativa dela em relação ao polo, informa o jornal local Tampa Bay Tribune.

Fonte: Popular Science

Fonte: MSN TECNOLOGIA

Fonte: Terra

terça-feira, 5 de abril de 2011

Conselhos para a vida...

[link=http://www.recado-especial.com]
[/link]

[b]Mais recados? http://www.recado-especial.com[/b]

O bom é invisível aos olhos...

[link=http://www.recado-especial.com]
[/link]

[b]Mais recados? http://www.recado-especial.com[/b]

Dengue e Paracetamol - Os Riscos 1/2

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Olá, queridos visitantes, sejam bem vindos sempre...

Mensagens Para Orkut - MensagensMagicas.com

starsMensagens para Orkut - Candy Dolls

Quaresma

Quaresma: (4º domingo)

..... é tempo de reflexão; de reconciliação;
..... é tempo de recomeçar uma nova caminhada;
..... é tempo de abrir os olhos do coração e sair da cegueira material.

Sabemos que nosso corpo é uma “ máquina completa, perfeita ”. Obra divina e abençoada por Deus. .
A liturgia de hoje fala da cegueira que aliena a vida das pessoas.
Nesta era da comunicação é muito fácil vê só as aparências, o esteriótipo, mas não se olha com o coração, não se estimula o olhar e a escuta mais profundamente no que o outro tem a mostrar ou a dizer.
Há órgãos preciosos responsáveis pela escuta, pela fala e pela visão para que possamos aproximar do outro, mas são utilizados apenas fisiologicamente. Penso que só tem sentido a utilização deles se forem vivenciados de forma afetiva, amorosa, e sem tantos julgamentos.
Penso que as dúvidas, inseguranças e a falta de fé das pessoas da época, quan- do viram Jesus curar um homem cego, são as mesmas dúvidas, inseguranças e tam- bém a falta de fé que muitas pessoas tem no seu projeto de vida atual, talvez por pura ignorância ou da cegueira material.
“ Deus vê fundo, não se deixa enganar pelas aparências”, daí precisamos sempre es- tar conectado a Êle para que seja a luz da nossa caminhada, e não enxergarmos ape- nas com a luz dos nossos olhos, mas também com a luz do coração.
Somos bons de visão naquilo que nos dá prazer (matéria), que nos tocamos, mas somos cegos naquilo que não percebemos, não sentimos só abrimos os olhos do espírito, da alma e do coração quando estamos sofrendo, quando adoecemos.
Já perceberam isso??
Acredito que:
- a nossa cegueira está na falta de fé, da nossa aproximação maior com o Sagrado e com o semelhante, através de uma palavra, da escuta, de um simples olhar com o coração, mesmo que esta seja estranha;
- a nossa cegueira está quando não olhamos com o coração as outras pessoas que sofrem, talvez pela própria cegueira imposta pela sociedade consumista;
- a nossa cegueira está no momento em que jogamos a responsabilidade das coisas do dia a dia nos outros, talvez ingenuamente;
- a nossa cegueira acontece quando achamos que somos o dono verdade, nos acha- mos perfeitos, e não reconhecemos e nem admitimos nosso erros e falhas.
Portanto, é necessário estimular os olhos do coração. Só assim enxergaremos melhor as coisas que Deus nos tem a oferecer no nosso Projeto de Vida aqui neste mundo. Pensem nisto!!!!
Cuidemos da nossa visão interior.
F.C.Diógenes. 03.04.2010

O Ciclo do Urânio - Capítulo 1 - A mina

domingo, 3 de abril de 2011

1/4- BRUNA SURFISTINHA de frente com GABI - 20/02/11 - SBT

Marília Gabriela entrevista FERNANDA YOUNG (parte 3/4) - 27.03.11

Deus é Pai...

Ache essas e outras imagens no site Mensagens & Imagens

[red][b]Mande mais imagens pelo site www.mensagenseimagens.com.br[/b][/red]

sábado, 2 de abril de 2011

Tudo é no tempo de Deus...

Mensagens Para Orkut - MensagensMagicas.com

Stars 2Mensagens para Orkut
- Frases

Pense Nisso...

[link=http://www.mensagens-online.com]
[/link]

[b]Mais recados? http://www.mensagens-online.com[/b]

Inversão Polar, Sismos, Sol, e a Censura da Mídia, na Palestra de Cienti...

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Caso Preta Gil - CQC

Deputado diz que resposta foi um mal-entendido

Ao ser perguntado como reagiria se seu filho namorasse uma negra, ele disse que não falaria sobre ‘promiscuidade’

Brasília. O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) afirmou, ontem, que se equivocou ao responder a uma pergunta da cantora Preta Gil no programa “CQC” sobre o que faria se seu filho se apaixonasse por uma mulher negra. Bolsonaro afirmou que não discutiria essa “promiscuidade”.

O deputado afirmou que achou que a pergunta era se o seu filho namorasse uma pessoa do mesmo sexo. "Foi um mal-entendido, eu errei. Como veio uma sucessão de perguntas eu não ouvi que era aquela pergunta, foi um equívoco. Eu entendi que a pergunta era se meu filho tivesse um relacionamento com gay, por isso respondi daquela forma. Na verdade, quando eu vi a cara da Preta Gil eu respondi sem prestar atenção", defendeu-se Bolsonaro.

Questionado sobre qual seria sua resposta sobre a pergunta feita pela cantora e apresentadora, o deputado não poupou Preta Gil de ataques: “Eu responderia que aceito meu filho ter relacionamento com qualquer mulher, menos com a Preta Gil”.

O deputado também reagiu quando foi perguntado se sua postura ofensiva contra os homossexuais não poderiam lhe tirar votos. “O dia que eu me preocupar com eleitor eu viro vaselina. Não quero me preocupar com um eleitor que quer que eu chame ele de bonitinho. Não quero voto de ignorante”, disse.

“Reitero que não sou apologista do homossexualismo, por entender que tal prática não seja motivo de orgulho. Entretanto, não sou homofóbico e respeito as posições de cada um; com relação ao racismo, meus inúmeros amigos e funcionários afrodescendentes podem responder por mim”, acrescentou.

Processos

Em meio à movimentação de alguns parlamentares para levá-lo ao Conselho de Ética, o próprio deputado decidiu protocolar um requerimento pedindo para ser ouvido. Ele afirmou que já foi processado no Conselho cerca de 20 vezes durante seus seis mandatos e que foi absolvido em todas as vezes.

Uma representação assinada por 20 deputados do PSOL, PCdoB e PDT foi protocolada na Mesa Diretora da Câmara, pedindo que a Corregedoria da Casa investigue o caso. Integrante da Frente Parlamentar Mista pela Cidadania LGBT, o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) pediu o apoio dos movimentos negro e LGBT contra as declarações de Bolsonaro.

Já Preta Gil vai processar Bolsonaro por crime de intolerância racial e homofobia. Segundo o advogado da cantora, Ricardo Brajterman, ela chorou ao assistir à entrevista.

DIÁRIO DO NORDESTE

Memória dos idosos...

Não à toa, quem adota o hábito segue-o com retidão: o consumo diáro de chá preto ou verde é um aliado poderoso da memória. A descoberta acaba de vir à tona com um estudo realizado na Universidade de Cingapura, com 2,5 mil idosos com mais de 55 anos.

Após dois anos acompanhando a rotina dos participantes, os pesquisadores notaram que 65% dos idosos, habituados a tomar pelo menos duas xícaras de chá por dia, mantiveram inalterados os índices de capaciade cognitiva, incluindo a memória e atenção. Já 35% dos participantes, que não bebiam chá, tiveram desempeho inferior nos testes de memória.

A conclusão descarta a interferência da cafeína como aliada da memória. Isso porque o consumo do café, em si, não trouxe os mesmos resultados da ingestão regular de chá verde e preto. Por enquanto, os benefícios das bebidas estão sendo relacionados, principalmente, aos polifenóis (susbtâncias que contribuem para a saúde do coração e presentes também no vinho tinto e no chocolate meio amargo, por exemplo).

Um aminoácido contido em abundância no chá verde também despertou atenção dos pesquisadores: trata-se da teanina, substância de efeito conhecido contra as doenças degenerativas e relacionada à melhora na capacidade de aprendizagem, concentração e reforço das sensações de prazer ao provocar aumento na produção de serotonina e de dopamina.

Eu também destacaria os efeitos antioxidantes do chá verde , afirma a nutricionista funcional Daniela Jobst, especialista do MinhaVida. Esse tipo de chá é rico em uma substância chamada catequina, que controla a ação dos radicais livres e também diminui os riscos de desenvolvimento das doenças cardiovasculares .
Daniela Jobst